Cargo da Semana: Segunda Zeladora

 

 

Oi, meu nome é Emily Barbosa, sou Filha de Jó do B12 de Valença-BA e a Segunda Zeladora do Grande Bethel da Bahia. Gostaria de falar para vocês hoje o que pude aprender com este cargo. Infelizmente a gente só entende realmente a importância de alguém, não em sua presença, mas sim, na sua falta. Às vezes nos esforçamos tanto em falar para alguém da sua importância em nossa vida, usando palavras tantas vezes ditas, que denotam certa insignificância para quem ouve... E todo o esforço se torna em vão! Diante de tempos difíceis, onde cada dia os interesses mudam e se ama objetos e usam-se pessoas, as palavras têm perdido força significativa e se tornando meras convenções, difícil definir com precisão o que é sincero, o que é real. Sobra-nos observar através dos gestos e atitudes, quem realmente conosco ajunta... Num mundo submergido na pressa, na falta de tempo e sobra de problemas, não existe mais tempo para se entender os propósitos de nossas responsabilidades... Sonhamos alto, queremos sempre mais e melhor, até lançamos sementes, mas, não há tempo para regá-las, esperamos sempre que a outra pessoa regue, que a outra cuide, que a outra sirva... E assim atribuímos nossos “fracassos” as outras... E isentos de qualquer culpa, seguimos nos sentindo injustiçados e desconfiados... O individualismo exacerbado tem limitado a visão de muitos, que além de não saberem doar-se também não sabem observar. Portanto, é preciso cautela para enxergar a verdade que se esconde nas ações e dedicação ao cuidado com as sementes, por mais que nós semeemos brotos de promessa, sem o devido cuidado eles não germinam. Ser Zeladora é entender que o cuidar, o cultivar o bem, independente do terreno! Pude aprender que nós só devemos tentar ser melhor que uma pessoa: que é quem éramos ontem. Que em todos os momentos de nossas vidas devemos ser humildes para admitir nossos erros, inteligentes para aprender com eles e maduras para corrigi-los. Ser humilde não é ser menos importante que alguém, e sim, saber que não somos mais do que ninguém. É não alimentar egos e saber seguir a luz do nosso real tamanho diante da grandeza de Deus. Nossa fé e esperança são as luzes de coragem que este cargo nos remete e que todas nós abraçamos. Aqui pude aprender uma coisa muito importante e que carregarei pra sempre... Aprendi que nenhum obstáculo será tão grande, se a minha fé e a minha paciência, for maior.

Please reload

Encontro Estadual das FDJ da Bahia

1/10
Please reload

Posts em destaque
Siga-nos
Please reload

Posts Recentes
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square

Filhas de Jó Bahia

 

Official website of Bahia Job's Daughter

Contact us: fdjbahia@gmail.com