Sobre nós

Ethel Theresa Wead Mick cresceu ouvindo as lições da história de Jó e desejou compartilhar as mesmas com jovens moças que possuíssem relacionamento maçônico. Anos mais tarde - precisamente em 20 de outubro de 1920 na cidade de Omaha, Nebraska - seu desejo resultou na fundação da Ordem das Filhas de Jó, uma organização fundada em honra à memória da sua mãe, Elizabeth D. Wead, com o objetivo de unir moças com parentesco maçônico para aperfeiçoamento espiritual e moral, desenvolver a liderança e buscar o conhecimento.

 

Ethel escreveu o Ritual das Filhas de Jó abrangendo ensinamentos baseados no Livro de Jó, com especial referência ao Capítulo 42, Versículo 15: “E em toda a terra não se encontraram mulheres tão justas como as filhas de Jó, e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos.” Além disso, Mãe Mick, como é carinhosamente chamada a fundadora da Ordem pelas Filhas de Jó, também organizou a padronização das roupas usadas pelas meninas durante as reuniões. Foi escolhida uma veste branca de influência grega que é usada até os dias de hoje por todas as Oficiais e Coral do Bethel.

Ethel Theresa Wead Mick

Fundadora das

Filhas de Jó Internacional

Apesar do forte caráter ritualístico das Filhas de Jó, para Ethel esta organização não deveria se limitar às quatros paredes de um Bethel. Um fundo educacional foi organizado e é destinado aos membros com a finalidade de promover a educação e, em 1985, foi criado do Fundo HIKE (Fundo de Doações para Crianças com Deficiência Auditiva) que se tornou o projeto filantrópico oficial da Ordem.
 
Atualmente, a organização é nomeada Filhas de Jó Internacional (FJI) e possui cerca de 20.000 membros iniciados.
 
Para mais informações visite o site oficial: http://jobsdaughtersinternational.org/

Breves considerações sobre as Filhas de Jó Internacional no estado da Bahia

O sonho da fundação das Filhas de Jó Internacional no Brasil foi concretizado no dia 13 de março de 1993 com a instalação do primeiro Bethel do Brasil no Rio de Janeiro, o Bethel 01 “Mater da América Latina”. O grande responsável pela realização desse sonho foi o tio Alberto Mansur que continuou seus esforços para a fundação de mais Bethéis em nosso país. Com isso, em 10 de junho de 1993 o segundo Bethel do Brasil foi instalado em Caicó no Rio Grande do Norte.

 

A chegada da Ordem em Caicó foi muito importante para a Bahia, pois foi o Bethel 01 de Caicó que trouxe as Filhas de Jó para o nosso estado com a instalação, em 23 de outubro de 1993, do primeiro Bethel baiano, o Bethel 01 “Rosas do Oriente” da cidade de Paulo Afonso.

 

A Bahia é o segundo estado do Brasil com o maior número de Bethéis. Foram instalados 34 Bethéis na jurisdição baiana, porém atualmente temos 29 Bethéis ativos. Além disso, o estado possui um Grande Conselho Guardião e Grande Bethel ambos instalados no dia 19 de outubro de 2014. 

Filhas de Jó Bahia

 

Official website of Bahia Job's Daughter

Contact us: fdjbahia@gmail.com